21533654_1870682409628586_376141571_o.jpg

Em maio fui convidada pela produção do quadro "Posso Ajudar?", do programa Como Será?, da Rede Globo. A produção me convidou para ajudar a Daniela Matsumoto, arquiteta, mãe do fofo Mateus, hoje com 1 ano, que pedia uma luz para organizar a vida como autônoma E mãe de bebê E fazendo homeoffice. Dá pra conciliar?

Não nos conhecíamos de antemão, mas posso dizer que já conhecia sua história - porque é a história de tantas mulheres que me chegam no Coaching: em sua volta da licença-maternidade, Daniela percebeu que não havia espaço para diálogo na empresa para que mudasse o esquema de trabalho, de maneira a incluir por mais alguns meses as necessidades de flexibilidade de horários e local de trabalho. O que fez? Pediu demissão. E, em casa, começou a ver que sem apoio, divisão de tarefas com o marido e organização de agenda, acabaria não conseguindo nem estar em paz para ficar com seu filho, nem trabalhar porque precisava atender o bebê a todo momento.

Sentamos eu, Dani e o marido, Fernando para, juntos, entendemos quais eram os pontos críticos que precisavam ser ajustados para que Dani tivesse garantidas horas contínuas de trabalho em casa. Para que ela pudesse cuidar de sua carreira e exercer uma maternidade que lhe fizesse sentido.

Você assiste a matéria completa aqui: http://g1.globo.com/como-sera/noticia/2017/09/16-09-posso-ajudar-administrar-o-tempo.html